Homem refém.


A liberdade humana é um direito constituído, presente em todos os Estados soberanos. Por definição, você ser humano é livre, porém na prática, tendo em vista uma macro visão da humanidade, ou seja, olhando por uma aresta diferente do prisma, o homem é REFÉM.

O homem é refém das leis, que, em sua hipocrisia igua-la todos , quando de fato os melhores financeiramente são de fato beneficiados por ela, deixando os demais com sede de justiça.

O homem é refém das enfermidades. Por mais poderoso ou rico que seja, está sujeito as mesmas doenças que causam dores e mortes, indistiguindo a classe social.

O homem é refém da saúde, onde uma indústria farmacêutica se preocupa em tratar o sintoma e não a causa, é mais vantagem você ser dependente de insulina o resto da sua vida do que  você ser curado da diabetes, onde maus médicos pouco se importam com a vida do paciente, mas sim, o quanto ele vai conseguir extrair de dinheiro dele, com tratamentos paleativos, com remédios sem eficácia, com exames desnecessários, o valor da vida está à cada dia mais barato, as ações da sua existência estão despencando na bolsa de valores da saúde.

O homem é refém da mídia, seja ela qual for, divulgam calúnicas, notícias tendenciosas, e com maior “cara lavada” falam de imparcialidades. A mídia se tornou veículo de manipulação de massa, e grande maioria faz parte dessa massa, a própria mídia nos condicionou a não questionar, a notícia é passada como verdade absoluta, inquestionável, decepam o raciocínio lógico da população, e nos alimentam com podridões e imundícies,  perseguem declaradamente o pudor e o juizo e intentam o nosso mal, só para sermos, mais notícias.

O homem é refém da sociedade, que lança tendências, cada qual absurda, sobre a forma de vida; que é hipócrita, levantam bandeiras contra o racismo, mas trata com diferença pessoas negras, traçando sempre os piores esteriótipos; que perdeu sua base, a família; que louva o adultério, a fornicação, a prostituição, banalizando o sexo, fruto de matrimônio sadio; que se vê em apuros quando se fala de pedofilia, homossexualidade, pois estão presentes em todas as classes; que invertou os valores, o errado que é o certo, o iníquio o esperto, e o correto, tolo e idiota.

Como se não bastasse essa sociedade corrompida, fajuta e falida, o homem se tornou refém do Governo. Os governantes pouco se importam de fato com os necessitados, onde há democracia, há corrupção pela sede de votos, onde não há, impera o tiranismo, em comum impostos pesados, prisão tributária, e o homem do outro lado da ponta, alimentando essa rede de corrupção, alimentando o Estado faminto, priveligiando ladrões, ou melhor, pior que ladrões, políticos, que ao invés de pensarem no bem comum, sugam os nossos recurso para  o bem próprio, e depois de alguns anos aparecem com cara de anjos suplicando por mais voto, e o homem, não podendo parar a máquina, cede!

O único lugar que poderia libertar o homem, o prende mais… a religião. O homem se tornou refém da sua religião, não encontramos mais ideologismos religiosos, mas sim, cárceres religiosos. Ela, deveria ser responsável para religar o homem ao seu Deus, mas a cada dia o afasta mais. A religião está sendo responsável pelas piores guerras, a religião segrega camadas de massas humanas que se acusam entre si. Em uma divisão geral, uma esconde os podres do passado bem presente e atual, outra visa lucro, as duas visam manipulação, controle de massa mais uma vez, e no meio disso há aquelas que são sinceras, porém a voz da imoralidade abafa os sons dessas pequenas.

O homem é refém da morte, “invariavelmente você irá morrer”, uma certeza que é disseminada e indiscutível, e por mais que se tente, a morte é o caminho certo.

O homem é refém de várias coisas, talvez você não se enquadrou em todas, mas em algumas sim, porém há um mal, pior de tudo que foi dito, o qual faz o homem refém, porém desse mal não falarei, pois a solução para esse para todos os outros pode não te agradar !

Em meio a todos esses cárceres, te informo que sim, há uma solução única para todos… em breve, quem sabe, falo sobre ela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s