O Mártir – Capítulo 5


Capítulo IV – Cala-te ou morra !

– Sim meu Senhor, já estou a caminho !

Casius abriu e viu os guardas que estavam saqueando seu  vizinho, eles estavam com as carroças cheias de quinquilharias, cadeira, mesa, camas e por aí vai;

– Quem mora contigo?

– Eu e minha família, Senhor.

O soldado entrou e começou a observar a sala, e viu estátuas de vários deuses, porém a que mais se sobressaia era de Marte, o sanguinário, viu também a casa humilde de Casius, e viu que havia pouco alimento em casa, ao reparar a pequena dispensa vazia na cozinha.

O soldado deparou-se com a família de Casius no quarto, todos temerosos abraçados uns com os outros, Marcus chorava de soluçar, ele bem sabia a crueldade desses homens. O soldado dirigiu-se para o quarto, Casius temeu.

– Por favor meu senhor, não faça nada a minha família !

– Acalme-se homem, não estamos aqui para o seu mal !

Ao chegar no quarto, onde todos estavam aliviados agora, o soldado se dirigiu para Marcus.

– Por que choras, jovem rapaz ?

– Eu to com medo de vocês fazerem mal ao papai !

– Não temais, filho, estamos aqui para o bem de seu pai !

Virando-se o soldado logo chamou seus imediatos

– Homens, tragam já a recompensa dessa família ! Traze-me também um capacete de soldado

– Capacete Senhor, para que ?

– Traga-me logo e não me irrites com perguntas.

Trouxeram os soldados, muitos mantimentos, alguns tonéis d’água, uma quantia relevante em dinheiro e o capacete.

– Isso é por você ter denunciado esses Cristãos, porém o dinheiro a qual recebeste é para calares, pois seus vizinhos serão pessoas importantes, muito chegados a um senador romano, e por questão de segurança estão se instalando aqui !

– Sim meu senhor, guardarei sigilo sobre eles, e se avistar mais algum cristão, eis que estou disposto a entregá-los.

– Fazes bem, lembre-se, se abrires sua boca sobre isso, matarei sua família.

Virando-se pegou o capacete e dirigiu-se para Marcus

– Tome meu jovem, isso é para você, pois vejo em você um grande General das Legiões Romanas!

– Obrigado !

Marcus ficou muito contente com o capacete, que engolia toda sua cabeça, ao colocar, ficou imitando os soldados, porém por tapar sua visão tropeçou e caiu e todos riram inclusive os soldados que estavam de partida.

Sem muita demora, o lar que estava prestes a dormir, alvoroçou-se, Maria rapidamente foi-se a cozinha preparar algo para que todos se alimentassem, houve felicidade naquela noite, naquela casa, e no céu houve alegria naquele dia pelos filhos de Deus que foram mortos, mas alcançaram a coroa de glória.

Todos comeram, e agora se dirijam para a cama, iriam passar uma noite de sono com a barriga cheia, e por ser período de estiagem, todos poderiam dormir até mais tarde um pouco, pois Casius interrompera o labutar já fazia três dias, Gaius, Titus e Vinni, se alegraram com isso pois eram jovens e estavam cansados da rotina.

continuar lendo … (capítulo VI)

Anúncios

Um comentário sobre “O Mártir – Capítulo 5

  1. Pessoal comentem como está, oq ta ruim o q ta bom … por favor !!! Onde melhorar, se devo continuar .. (já mais um capítulo para ir par ao ar)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s